Marvel recupera direitos de “Demolidor” e fãs fazem campanha para a volta da série

O acordo da Netflix que envolvia o herói expirou no último domingo (29) e não foi renovado. Todas as séries da Marvel acabaram sendo canceladas na Netflix e todos os direitos devem retornar para a Disney em 2020 e 2021.

O acordo feito entre a Marvel TV e a Netflix pelos direitos de Demolidor expirou no último domingo (29), dois anos depois do cancelamento da série. Isso significa que os direitos do personagem retornaram para a Marvel, tornando possível uma aparição do herói em novos projetos live-action, de agora em diante. A informação foi confirmada pela Forbes.

Com a notícia, os fãs da série de Demolidor, que teve três temporadas ao todo, movimentaram as redes sociais para começar uma campanha para o retorno da produção. A hashtag #SaveDaredevil ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter, pedindo também a volta de Charlie Cox como o herói e Vincent D’Onofrio como o Rei do Crime.

Todas as séries da Marvel acabaram sendo canceladas na Netflix e todos os direitos devem retornar para a Disney em 2020 e 2021.